fbpx

Empréstimo Pessoal pode ser solicitado por aplicativo

Publicidade

Utilizar páginas da internet e até mesmo aplicativos para solicitar um Empréstimo Pessoal parecia impossível algum tempo atrás, mas serviços como esse estão a poucos cliques de você: basta acessar o site de um correspondente bancário, que são empresas responsáveis por fazer a ponte entre instituições financeiras e clientes interessados em obter dinheiro.  Nele você consegue pedir seu empréstimo sem sair de casa.

Empréstimo Pessoal – Solicitar

Publicidade

Para que seja possível solicitar um Empréstimo Pessoal com a Noverde, são pedidos dados cadastrais, opção de dia para vencimento e fotos dos documentos do cliente. Essas informações são repassadas para instituições parceiras, elas formulam propostas e o solicitante recebe sugestões de crédito para seu perfil. Aprovada a solicitação, basta aguardar o dinheiro cair na conta.

Noverde é uma empresa que não realiza operações de crédito diretamente, mas por ser um correspondente bancário da Lecca – Crédito, Financiamento e Investimento S.A., é autorizada pelo Banco Central do Brasil a prestar serviços de atendimento ao cliente. Suas funções podem ser acessadas através do site ou do aplicativo que está disponível no Google Play, e nos dois é possível fazer tanto uma simulação quanto um pedido de empréstimo.

Publicidade

Publicidade

O crédito solicitado pode variar entre R$500 e R$4.000, e geralmente está disponível na conta em até 24 horas. Na Noverde, a análise de crédito e o cálculo das taxas de juros dependem do valor solicitado e do número de parcelas, que podem ser no mínimo 3 e no máximo 12. Já a taxa de juros, costuma variar entre 7,9% e 15,9% ao mês. Veja o exemplo de um empréstimo: no caso do valor solicitado ser de R$1.500 e o pagamento em 12 meses, a taxa de juros será de 10,15% ao mês e cada parcela, R$ 221,77. Todas as condições sobre o empréstimo serão passadas ao cliente antes da assinatura do contrato com a empresa.

É importante lembrar que a Noverde não cobra nenhum valor do cliente antes do crédito ser validado e o cliente deve ser autônomo, empregado, MEI, aposentado ou pensionista.

Publicidade